Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente
Início do conteúdo
Você está aqui: Página inicial > Comunicação > Notícias > Faders aborda direitos das pessoas com deficiência em Rosário do Sul
RSS
Publicação:

Faders aborda direitos das pessoas com deficiência em Rosário do Sul

Na foto, integrantes do núcleo para formação e implementação do conselho municipal dos direitos da pessoa com deficiência de Rosário do Sul. Todos em pé. Pessoas com e sem deficiência compõe a imagem.
Participantes da reunião - Foto: Aline Puthin

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (18), no município de Rosário do Sul, o presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, Roque Bakof, destacou os benefícios e direitos da pessoa com deficiência. COEPEDE esteve representado pelo vice-presidente!

A atividade, proposta pelo vereador de Rosário do Sul, Álvaro Gonçalves, lotou o Plenário Amaro Gomes Souto da Câmara de Vereadores rosariense, e teve o apoio da Faders. Na ocasião, representantes do Executivo, Legislativo, entidades, associações e pessoas com deficiência dialogaram sobre a legislação vigente e benefícios como o passe livre e o BPC (Benefício de Prestação Continuada).

O presidente da Faders, Roque Bakof, parabenizou o vereador rosariense pela iniciativa e destacou a importância da mobilização e presença de todos na audiência. “Temos conhecimento da legislação , bem como dos benefícios e direitos, mas devemos nos inserir na sociedade e mostrar o protagonismo das pessoas com deficiência em todas as áreas”, disse Bakof.

Já o vereador proponente, Álvaro Gonçalves, salientou a importância da mobilização de todos rosarienses e os motivou a criação do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Rosário do Sul. Ao término, foi criado o núcleo para a formação e implementação do conselho

Também, participou da audiência pública o deputado estadual Sérgio Peres, autor do autor do projeto de lei nº 56/2015, o qual estabelece que todos os prédios públicos do Rio Grande do Sul deverão oferecer pelo menos um banheiro masculino e um banheiro feminino, adaptados ou construídos, para o uso de pessoas com deficiência. O vice-presidente do Coepede, Adilso Corlassoli, prestigiou o evento e destacou a importância da criação do conselho municipal.

Fonte: Faders Acessibilidade e Inclusão

Endereço da página:
Copiar
COEPEDE - Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência