Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente
Início do conteúdo
Você está aqui: Página inicial > Comunicação > Notícias > Conferência debate direitos da pessoa com deficiência em São Sepé
RSS
Publicação:

Conferência debate direitos da pessoa com deficiência em São Sepé

Na imagem, Adilso Corlassoli, vice-presidente do COEPEDE está a direita. Ao seu lado, duas mulheres. Ambos sentados. No fundo, baner do evento.
Mesa de abertura. - Foto: A.I. Prefeitura de São Sepé

A 1ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência reuniu dezenas de pessoas em São Sepé na quinta-feira, 11 de junho. O debate é o início das tratativas e proposições sobre novos passos para inclusão no município e aconteceu no Polo de Educação Sepé Tiaraju.

Na abertura do evento, a Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Elsa Gass, destacou que a partir dos temas tratados no município os assuntos serão levados para eventos estaduais. A prática está inserida nas atividades da Secretaria de Assistência e Habitação Social em conjunto com o CMDPD que envolve entidades da administração municipal e órgãos como Rotary Clube, APAE, Hospital Santo Antônio e Igreja.

O palestrante central do dia foi o vice-presidente do COEPEDE Adilso Luis Pimentel Corlassoli, pós-graduado em educação especial na área de deficiência visual pela PUCRS e atualmente, coordenador de políticas para pessoas com deficiência da SJDH, dentre outras atividades. Ele falou sobre “Os desafios na implementação da política da Pessoa com Deficiência: a transversalidade como radicalidade dos direitos humanos”.

Além dos avanços nos últimos anos a professora Elsa Gass também enfatizou que as metodologias de ensino aplicadas nas escolas atualmente mostram que a cidade está no caminho certo. “Entre o real e o ideal ainda temos muito trabalho. Mas eventos como este mostram que estamos indo no rumo correto”, frisou.

São Sepé é um dos poucos municípios do estado que possui um parlamentar com deficiência. Para o vereador Paulo Nunes. que é cadeirante, "a conferência é um espaço para que possamos avançar na construção de uma cultura de direitos humanos para as pessoas com deficiência."

Fonte: O Sepeense

Endereço da página:
Copiar
COEPEDE - Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência